Ouça Aqui o Cultura Viva! A cultura do Recôncavo nas ondas do rádio

Por: Thamires Almeida

Nossos programas estão indo ao ar, mas não se preocupe, se você perdeu algum pode ouvir na íntegra aqui no site da Casa de Barro. No primeiro programa o tema girou em torno dos filhos ilustres da região como Sine Calmon, Lídice da Mata e Dona Dalva, além de contar com uma entrevista exclusiva com Dona Cadu, famosa ceramista do Recôncavo, a apresentação foi feita por Fellipe do Monte. 

No segundo episódio, conduzido pelo apresentador Morumbi Júnior, falamos sobre as festas da região e entrevistamos o radialista da Recôncavo FM, Joselito Fróes, no quadro “Andanças pelo Recôncavo”.

A terceira edição do Cultura Viva foi apresentada por Lindi Cometa e tratou de algo de extrema importância para a região, o Rio Paraguaçu, sua história e o descaso de alguns quanto a sua poluição.

O quarto episódio, apresentado por Antônia Cruz contou com entrevistas com pais e mães de santo para falar do Candomblé, religião sincrética com presença marcante no Recôncavo.

O programa de número cinco, apresentado por Di+di (Didi) falou sobre o samba de roda como forma de preservação de uma parte da cultura africana trazida pelos escravos para o Brasil.

A sexta edição, conduzida por Gian Santos falou sobre a diversidade musical em Cachoeira e São Félix, seus diversos ritmos, como o samba de roda, o forró, o reggae e o arrocha.

Em seguida foi a vez de Rodrigo Freitas apresentar o Cultura Viva! O tema dessa vez tratou dos grupos culturais de Cachoeira a exemplo do esmola cantada, Casa de Barro, o Gamge, o grupo Arte e fuxico e Centro de Educação de Cultura do vale do Iguape no quadro Andanaças pelo Recôncavo.

Nossa última edição, apresentada por Ricardo Alves falou sobre os tão conhecidos e cheios de história pontos turísticos de Cachoeira e São Félix, a câmara e cadeia, o Jardim do Faquir, o Instituto Daneman, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, etc.

Cincopa WordPress plugin

Os programas estão sendo exibidos segundas e sextas às 11h30min na Rádio Magníficat FM 89.9. O projeto foi aprovado em edital do Centro de Culturas Populares e Identitárias e conta com o apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria de Cultura, Secretaria da Fazenda e do Governo do Estado da Bahia.

ASCOM Casa de Barro